quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

a justiça


quando o mudo encerrou seu relato, o cego expôs seu ponto de vista. o juiz fingiu que não ouviu nada.

.: marcio markendorf

Nenhum comentário: