terça-feira, 13 de outubro de 2015

o que a falsiane da serpente disse para si mesma depois de, filhadaputamente, oferecer a fruta expulsória do paraíso:



a alma de eva e-va-po-rou.

.: marcio markendorf

Nenhum comentário: